2. Por quê “Anda Direito”?

É a transformação de um termo de supremacia de comportamentos que nós LGBTQIAP+ vivenciamos constantemente: “Isso é coisa de viadinho”, “Não cruze as pernas”, “Seja mais feminina”, “Fale igual homem”, “Seja mais discreto”. Ande Direito.

error: Conteúdo Protegido