O que fazer se você sofrer qualquer discriminação/crime por ser LGBTQIA+ em BH?

Se proteja
Primeiro certifique se sua a segurança física e metal estão garantidas. Procure apoio com seus próximos (amigos, família: incluindo aqueles que não são de sangue e etc). Ficar só nesse momento pode não ser uma boa ideia.

Denuncie
Desde junho de 2019, o Supremo Tribunal Federal decidiu que o crime a LGBTQIA+ deve ser equiparado ao de racismo. Existem várias formas de denúncias, escolha a melhor para você.

Polícia: ligue no 190 (Polícia Militar) ou vá a uma delegacia mais próxima (se possível com companhia) e faça o B.O (Boletim de Ocorrência) do ocorrido. Se possível, busque também possíveis testemunhas.

Centro de Referência: você também pode ligar no Centro de Referência da População LGBT de BH que é um equipamento da Secretaria Municipal de Assistência Social que trabalha para contribuir com a defesa e promoção dos nossos direitos e cidadania. Se preferir ir ao local: Rua Curitiba, 481, Centro.

(31) 98872-2131
Seg. a Sex. das 8h às 17h

(31) 3277-4128
Seg. a Sex. das 10h às 14h

Safernet: se o crime foi pela internet (redes sociais) também pode ser feito um Boletim de Ocorrência, além disso, acesse o portal da Safernet e escolha o motivo da denúncia, siga o passo a passo. Tire prints da tela para que você possa comprovar o crime. Depois disso, é gerado um número de protocolo para acompanhar o processo.

Aplicativo: você também pode baixar um aplicativo (incrível) chamado Todxs. Por lá é possível fazer denúncias de casos de homofobia e transfobia, além de avaliar o atendimento policial.

Se cuide
Após sua denúncia, indiferente do que escolheu, esse é o momento de cuidar da sua saúde física e/ou mental. Se achar importante, uma ajuda profissional pode ser considerada. Talvez possamos ajudar, aqui no site, em serviços, talvez encontre um profissional adequado. 🙂

Compartilhe se acredita que esse texto pode ser interessante para alguém :)

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
error: Conteúdo Protegido