fbpx

Categoria: Memória

maio 30
Astral

Jovanna Baby é o grande nome entre as travestis que, na virada dos anos 1980 para 90, conseguiram se mobilizar para fundar, em 1992, a Associação de Travestis e Liberados (Astral). Nascida em Mucuri (BA), Jovanna relata que com 13 anos já morava na rua e se prostituía em Vitória (ES). No final dos anos […]

maio 30
João Antônio Mascarenhas

João Antônio de Sousa Mascarenhas (Pelotas, 1927 – Rio de Janeiro, 1998) foi um grande ativista homossexual, pioneiro na luta por direitos humanos e civis de pessoas LGBTQIA+ e um dos iniciadores do Movimento Homossexual Brasileiro (MHB). Mascarenhas foi um dos criadores do jornal Lampião da Esquina e esteve presente em seu Conselho Editorial. Passou […]

maio 30
Herbert Daniel

Herbert Eustáquio de Carvalho (Bom Despacho, 1946 – Rio de Janeiro, 1992) foi escritor, sociólogo e jornalista. Após o golpe civil-militar de 1964 no Brasil, Herbert reuniu-se à luta clandestina pela derrubada do regime e se tornou guerrilheiro. Nesse contexto, ele adotou o nome Herbert Daniel, pelo qual se tornou sempre conhecido. Ao completar um […]

maio 30
Grupo 3º ATO

Com a constituição do Somos – Grupo de Afirmação Homossexual, em São Paulo, em 1978, e de outros grupos em São Paulo, Rio e Brasília, algumas pessoas de Belo Horizonte se sentiram estimuladas a fundar uma organização civil de homossexuais na cidade. Ao que parece, elas iniciaram alguns contatos com o Somos e outros grupos, […]

maio 30
Grupo Gay da Bahia e a despatologização da homossexualidade

O Grupo Gay da Bahia (GGB) foi fundado em 29 de fevereiro de 1980, em meio àquele caldo efervescente da origem do Movimento Homossexual Brasileiro (MHB), e se mantém como a instituição mais longeva na luta por direitos e cidadania LGBTQIA+ no Brasil. No entanto, a organização só obteve seu registro cartorial definitivo em 1983, […]

maio 30
Levante do Ferro’s Bar e Rosely Roth

Rosely Roth (São Paulo, 1959 – São Paulo, 1990) foi uma ativista lésbica e feminista do Movimento Homossexual Brasileiro (MHB). Ela se graduou em Filosofia e Antropologia, tendo atuado diretamente tanto no movimento feminista quanto no MHB. Neste, em 1981, ela fundou junto com Miriam Martinho o Grupo Ação Lésbica-Feminista (GALF). Rosely Roth participou da […]

maio 30
Movimento Lésbico-Feminista e Chanacomchana

Como já vimos em um post anterior, o Grupo Somos surgiu em São Paulo, em 1978, formado majoritariamente por homens gays mobilizados para reivindicar tratamento igualitário com heterossexuais e obtenção de direitos civis e sociais. Em fevereiro de 1979, mulheres lésbicas passaram a fazer parte do Somos e se integraram às ações e atividades do […]

maio 30
João Silvério Trevisan

João Silvério Trevisan nasceu em Ribeirão Bonito, em 1944. Escritor, roteirista, diretor de cinema, dramaturgo, tradutor e jornalista. Ele tem quinze livros publicados, entre ensaios, romances e contos; um curta-metragem, Contestação (1969), e um longa, Orgia ou o homem que deu cria (1970), que ficou censurado pelo regime militar durante mais de dez anos. Trevisan […]

maio 30
Darcy Penteado

Alguns personagens são fundamentais para entender o processo de formação e consolidação de uma consciência LGBTQIA+ brasileiro. O artista plástico, cenógrafo, ilustrador, escritor e ativista Darcy Penteado (São Roque, 1926 – São Paulo, 1987) é um deles. Oficialmente, sua estreia nas artes se deu em 1948, na Exposição dos Novíssimos, em São Paulo. Ele é […]

maio 30
Grupo Somos

O Grupo de Afirmação Homossexual – Somos, em São Paulo, em 1978, foi formado pela mobilização de homossexuais, entre os quais se destaca João Silvério Trevisan, figura proeminente nessa luta e que terá um post reservado para si. O Somos surgiu em um momento em que se iniciava a distensão do regime militar brasileiro e […]

maio 30
Lampião da Esquina

Em abril de 1978, chegava às bancas de jornais do Rio de Janeiro e de São Paulo o número zero do Lampião da Esquina. Fruto de uma iniciativa pujante de um grupo de homossexuais, o jornal se fortaleceu como canal de reivindicação e espaço de manifestação de opinião da população LGBTQIA+ à medida que se […]

maio 30
Aliança de Ativistas Homossexuais

Uma parte importante de ser resgatada da história do movimento LGBTQIA+ é a de um coletivo, ainda pouco estudado, fundado em 1976, chamado Aliança de Ativistas Homossexuais. Este nome também era utilizado para designar o boletim produzido pelo grupo. A liderança responsável pelo coletivo e pelo jornal era Fredirico Jorge Dantas. Ele atuou no Rio […]

maio 30
Duas novas ocorrências em 1972

Em abril de 1972, circularam várias reportagens sobre a iniciativa do padre Henrique Monteiro, da Igreja Batista Ortodoxa Italiana, de promover o “I Congresso de Homossexuais do Nordeste”. O evento seria realizado no dia 9 daquele mês, em Caruaru (PE), e tinha a intenção de reunir homossexuais e prostitutas. Uma fala atribuída ao padre foi […]

maio 30
Rede formada por jornais artesanais

O primeiro jornal de circulação nacional dirigido à população LGTQIA+ foi o Lampião da Esquina, como veremos em um post futuro. Todavia, não devemos desprezar o papel e o valor da chamada ‘imprensa artesanal’ produzida pelo público gay desde o final da década de 1950. Eram produções caseiras, preparadas com recursos próprios, em geral mimeografadas […]

maio 30
Algumas tentativas frustradas anteriores a 1978

Para conhecer e celebrar a história do movimento LGBTQIA+ brasileiro, é necessário voltar no tempo, muito antes de 1978. É preciso também não estranhar a expressão usada naquela época: movimento homossexual brasileiro (MHB). O ano de 1978 marca a fundação do Grupo Somos, em São Paulo, o primeiro a se firmar e se constituir de […]

error: Conteúdo Protegido